CAPIM DOURADO



* jadires.pimenta@gmail.com
O capim dourado depois de seco, pronto para ser trabalhado. O grande desafio dos produtores é fazer extração controlada da planta, que corre risco de desaparecer da região do Jalapão.

Foi lá na munbuca onde começou a pratica do artesanato de capim dourado "o syngonanthus nitens euriocaulaceae" nome científico do capim dourado único no país com técnicas tradicionais influenciadas pelos índios e primeiros negros da região.

MUNBUCA É UMA COMUNIDADE DE EX-ESCRAVOS , REMANESCENTES DE QUILOMBOS , ELES MOSTRAM O RICO ARTESANATO REPRESENTADO PELA TRADIÇÃO DE COMFECCIONAR ARTESANATO COM O CAPIM -DOURADO , PLANTA TIPICA QUE CRESCE ENTRE OS MESES DE ABRIL E JUNHO E SOMENTE PODE SER COLHIDA NOS MESES DE SETEMBRO A NOVEMBRO RESPEITANDO AS NORMAS E LEIS DO ESTADO DO TOCANTINS . TODA A REGIÃO DO JALAPAO TRABALHAM COM O CAPIM -DOURADO FAZENDO DESTE ARTESANATO A PRINCIPAL FONTE DE RENDA DE SUAS FAMÍLIAS.

Brasil, além de ser um espetáculo primoroso, de exuberância singular de beleza, tem um dom a mais: abriga reservas secretas de maravilhas, que a cada tanto deixam escapar alguma nova mostra de esplendor. Como se estivessem a dizer: "Não pense que você me conhece, não creia que aprendeu a conviver com minhas armas de sedução e deslumbramento."

Volta e meia, alguma dessas reservas secretas faz uma nova revelação, e outra vez a natureza seduz, deslumbra e surpreende.

É o caso do Jalapão, um segredo que pouco a pouco aflora e ofusca até os olhos de quem já se imaginava suficientemente maravilhado pela natureza do Brasil. Está lá, em pleno cerrado, num dos extremos de tocantins, na fronteira com Bahia, o Piauí e o Maranhão. Um universo à parte, feito de magia única: areias, montanhas, nascentes, córregos, riachos que jamais secam, cachoeiras, dunas intermináveis, e os fervedouros, nascentes de água com tanta pressão que as pessoas não afundam. O Jalapão, a Chapada das Mangabeiras, onde nascem os afluentes dos rios Tocantins, São Francisco e Parnaíba: um manancial de maravilhas que se estende por 34 mil quilômetros quadrados, que oculta mistérios e provoca enganos, o maior deles é chamar-se o Jalapão de "deserto", pois quem vê o cerrado que cerca a região é incapaz de imaginar a quantidade de água e frescor que existe lá dentro. Deserto, não: oásis de alumbramentos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sabe o que é SAPUCAIA?

BENZOPHENONE-3 TÔ FORA!!!

CONSTRUÇÕES ALTERNATIVAS