RAMI




O rami (Boehmeria nivea) é uma planta da família Urticaceae, nativa da Ásia Oriental. Trata-se de uma planta herbácea perene que cresce a alturas de até 1 a 2,5 metros;[1] as folhas têm forma de coração, com 7 a 15 cm de comprimento e 6 a 12 cm de largura, e brancas na sua face inferior devido a numerosos "pelos", o que lhe dá uma aparência prateada; porém, ao contrário das urtigas, os pelos não são urticantes. O rami verdadeiro (erva da China ou rami branco) é a variedade cultivada na China. Conhece-se um segundo tipo, conhecido como rami verde que se crê ser originário da península Malaia. Este tipo possui folhas mais pequenas, verdes na face inferior, e parece ser melhor adaptado a condições tropicais[1]. Foi introduzida no Brasil em 1939, no sul do estado de São Paulo.

Usos

É uma planta têxtil, mas que foi descoberta como uma extraordinária forrageira, principalmente por sua riqueza em proteínas.

Existe um grande número de variedades de rami mas a mais indicada para a alimentação de animais é a "murakami", por ser precoce, de alta produtividade e de folhas grandes e carnudas. Seu teor de proteínas é de 24% nas folhas e de 13% nos caules, o que significa um teor de 20%, superior à proteína existente na alfafa.

O tecido de rami é obtido a partir da planta rami, sendo um arbusto cultivado no sudeste da Ásia. Também é conhecido como "emas" ou "China Grama", um membro da família urtiga. A China é o principal produtor de Rami, seguido pelo Brasil, Coreia e Filipinas. Ele é considerado como um tecido de verão, devido à sua excelente qualidade de permeabilidade e de absorção de umidade. O tecido é resistente à abrasão e mais forte do que o algodão e o linho. Não é prejudicado por agentes nocivos, pode ser tingido e branqueado com muita facilidade e rapidez e torna-se mais brilhante a cada lavada.

O tecido Blended rami é o mais comum de todos. Vai bem com qualquer tecido e quando misturado como algodão torna-se resistente e antidesgastante.

Com o poliéster, o tecido rami fica menos vulnerável de amassar e ocorrer rugas. O Rami-seda blends, dá firmeza ao tecido e é muito utilizado no mundo da moda como, por exemplo, em blusas, vestidos e saia.

CARACTERÍSTICAS DO TECIDO DE RAMI

- Possui brilho permanente.
- Possui uma grande força.
- É resistente à abrasão.
- Absorvente e seca rapidamente.
- Resistente a ácidos alcalinos.
- Resistente à podridão, luz, fungos e insetos.
- Aceita prontamente corante.
- Pode ser misturado com qualquer outro tecido.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sabe o que é SAPUCAIA?

BENZOPHENONE-3 TÔ FORA!!!

CONSTRUÇÕES ALTERNATIVAS