Não me chamo Jorge...



Poema para São Jorge
Meu nome se escreve com jota
Eu não me chamo Jorge

Combato dragões todos os dias
Tentando salvar princesas, príncipes, idéias, ilusões...

Sem espada nem cavalo consigo ferir culpados e inocentes
Passeio pelos pecados todas as manhãs

Eu não me chamo Jorge.

Chamo sempre São Jorge para proteger
ajudar na evolução,
na absolvição,
na libertação dos medos
no decorrer das noites soluçadas em travesseiros de papel

Pensamentos

Aceitação

[ACREDITAR!!!]

Eu não me chamo Jorge.
Sou mulher
Eu chamo sempre Jorge.
Eu acredito no amor de Jorge.

Salve Jorge!
por jupyhollanda

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sabe o que é SAPUCAIA?

RAMI