CURTUME DE PEIXES...


Curtimento do couro do peixe já é realidade
O projeto “Reciclando o peixe” que consiste no aproveitamento e curtimento da pele do peixe para a confecção de peças como bolsas, sapatos, carteiras e outros acessórios está a todo vapor sendo executado em Corumbá, Mato Grosso do Sul. Fazem parte deste projeto mais três outros municípios da bacia do Paraguai, Coxim, Miranda e Aquidauana. “A técnica de curtimento do peixe é semelhante a do gado, a diferença está na utilização dos produtos, que são substituídos por extratos vegetais, tanino, em vez do produto químico. E também se diferenciam quanto ao processamento das etapas.” Explicou Francisco Barbosa que é técnico de curtimento em peles exóticas. Ele processa o pescado por meio de uma máquina artesanal chamada Fulão que tem a capacidade de produzir 10 kg de pele por dia, o equivalente a 700 peixes.

De acordo com Marlene Barbosa Mendonça, coordenadora do projeto a valorização do projeto compreende em reciclar e agregar valor à pele que seria jogada fora, sem contar no seu valor cultural, social, ambiental e sustentável, pois até os extratos utilizados no processo podem ser comprados na região. As ferragens normalmente utilizadas para interligar as peças como botões e elos serão substituídas por ossos de peixes, e estas espinhas também servirão para confecção de bijuterias e adereços. Também no futuro próximo será inserido o uso da fibra vegetal retirada de camalotes para costurar a pele e do uso da pigmentação de cores regionais como o urucum como um diferencial a mais para o produto.

Comentários

  1. Adorei o seu blog, e esse poster me ajudou em um trabalho que estou afzendo sobre curtimento de pele de peixe com tanino vegetal, estou seguindo vc, visita meu blog mano, abraços

    ResponderExcluir
  2. Bom dia.
    Trabalho na AGRAER (agência de desenvolvimento agrário e extensão rural) de Fátima do Sul / MS a atendemos aqui no escritório em torno de 450 famílias da agricultura familiar. Inclusive muitos destes agricultores são pescadores também. Como tenho uma grande amizade com a presidente da Colônia de Pesca Z10 de Fátima do Sul, a mesma me procurou no dia de hoje para me pedir uma ajuda para montar um projeto sócio-econômico para obtenção dos equipamentos para o curtume através da associação. A boa notícia é que o estado já possui os equipamentos parados, oriundos de outra associação que não levou o maravilhoso trabalho à sério. O governo é "nosso", bastando apenas um projeto para a doação destes equipamentos. Como minha área é agropecuária, estou utilizando todas as formas e fontes para dar continuidade à este projeto e ajudar minha amiga, as famílias de pescadores que ela atende (mais ou menos 500), além das famílias que nosso escritório atende. Gostaria muito de poder contar com a vossa ajuda.

    Att,

    Luiz Alberto Machado
    67 3467-1620 (fixo)
    67 9968-6451 (vivo)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Sabe o que é SAPUCAIA?