VaLe A pEnA lEr PARTE III


...Até que...até que chega o século XX e tudo se complica muito por várias razões. Einstein derruba os alicerces da física newtoniana com suas teorias da relatividade onde o tempo e o espaço deixaram de ser absolutos e passam a depender da velocidade com que os corpos se deslocam. O espaço cartesiano de três dimensões vai para o lixo, o tempo é a quarta dimensão do universo (Newton deve ter estremecido em seu túmulo). Em 1920 se observa que o universo está se expandindo, as galáxias se afastam uma das outras desde quando tudo começou há 15 bilhões de anos com o Big Bang, a grande explosão primordial. Mais uma verdade derrubada, a do universo estático, imutável.

Se percebeu também que para entender o universo não bastava observar o que é grande e visível. Foi preciso começar a desvendar os mistérios do átomo para entender o céu. Não bastou, foi preciso entender o que são e como se comportam as partículas sub-atômicas que formam os átomos e são a verdadeira matéria prima do universo. Max Plank, seguido por outros, cria uma outra revolução, a mecânica quântica. Ela acaba com a idéia de um universo determinístico e ordenado, tudo passa a ser probabilístico. Mostra que é luz pode se comportar como onda ou como partícula e que é impossível determinar a posição exata de uma partícula, mas apenas qual a probabilidade dela estar em determinada posição. É como dizer que é impossível precisar onde as coisas estão. Mostraram também que é impossível extrair informações absolutas de um objeto e que as propriedades de um sistema, não lhe pertencem pois só existem porque são observadas. A mecânica quântica e suas formulações probabilísticas, que são do início do século XX, revolucionaram a percepção do que é a matéria e o céu. Einstein tentou em vão unificá-la com a Teoria da Relatividade e nunca aceitou que o imprevisível das probabilidades é o que rege o universo. Deus não joga dados disse com ironia. A mecânica quântica é tão importante para a ciência que alguns físicos como Weinberg, sugerem que ela é a teoria final da física!

Como se chegou a tudo isso e muito mais? Principalmente fazendo contas, pura matemática, papel e lápis. Muitas dessas "descobertas" do início do século esperaram décadas para serem comprovadas experimentalmente porque não havia tecnologia para viabilizar os experimentos, faltava a luneta! Esta foi a época de ouro da chamada física teórica. Agora mais para o final do século os avanços tecnológicos permitiram um grande número de comprovações experimentais. O Big Bang proposto nos anos 20 só foi confirmado em 1965 e a fila ainda é grande . Outro exemplo, os europeus estão gastando muitos milhões de dólares para construir um aparelho com dezenas de quilômetros de circunferência capaz, em princípio, de demonstrar a existência de uma partícula prevista desde a década de 70, os Bósons de Higgs. Detalhe, eles têm necessariamente que ser achados porque, segundo a ciência contemporânea, sem eles a matéria e portanto o universo e tudo que há nele não poderia ter se formado. Este exemplo é emblemático. A que ponto chegou o amadurecimento da ciência! Antes o universo mostrou para a ciência o que era verdadeiro. Neste caso, dos Bósons, a ciência é que diz ao universo como ele tem que ser para ser verdadeiro.

*** AMIGOS amanhã acabaremos, com esta bela explicação sobre o UNIVERSO EM ANDAMENTO...PORQUE O TEMPO NÃO PARA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sabe o que é SAPUCAIA?