Menos é Mais!


Maracujá, linhaça, banana verde... Agora chegou a vez de a berinjela virar farinha. Para quem não dispensa os benefícios que ela proporciona à saúde, a novidade soa como música. O alimento em pó concentra todos os nutrientes poderosos presentes no legume. Em resumo: é possível consumir menos e ganhar mais, muito mais.
Para começar, a farinha de berinjela esbanja fibras, sendo que as do tipo solúvel predominam. “Elas são ótimas porque ajudam a digerir as gorduras no duodeno. Como consequência, ocorre uma redução nas concentrações de colesterol”, conta a nutricionista Glorimar Rosa, professora adjunta do Departamento de Nutrição e Dietética da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
Vale lembrar que a profissional observou esse feito na prática, já que orientou uma pesquisa animadora sobre farinha de berinjela recentemente. O trabalho, objeto da tese de pós-graduação da nutricionista Aline de Castro Pimentel, mostrou que as concentrações de colesterol ruim (LDL) no sangue das mulheres que consumiram o suplemento por 60 dias, despencaram, assim como as taxas de triglicérides e ácido úrico – afastando, portanto, as chances de desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Saúde de ferro
Para Glorimar, da UFRJ, deve-se frisar ainda que a farinha é uma importante fonte alimentar de antioxidantes (eles marcam presença na casca da berinjela), substâncias que ajudam a reduzir a possível formação de radicais livres – aquelas moléculas instáveis que favorecem o envelhecimento precoce e outros tantos problemas para o organismo.

Depois dessa lista de benefícios, ficou fácil perceber que levar o pó à mesa é uma forma de cuidar da saúde, certo? E convenhamos: com uma praticidade sem igual. Afinal, a farinha pode ser consumida com vitaminas ou sopas, fazer parte de receitas de bolos, suflês e omeletes, ser usada como complemento da refeição pronta e por aí vai... “Ela praticamente não altera o sabor dos alimentos aos quais é adicionada, independentemente de serem doces ou salgados”, finaliza a profissional carioca.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sabe o que é SAPUCAIA?

RAMI