PROJETO TUCUM




Tucum (Astrocaryum vulgare) é uma espécie de palmeira nativa da região Amazônica. Sua semente é a matéria-prima dos famosos anéis de tucum.

Na Vila Ecológica Céu do Juruá, em Ipixuna – AM, já é realidade a atividade do artesanato confeccionado a partir da extração de produtos florestais não madeireiros, que representa uma alternativa ambientalmente sustentável e economicamente viável de obtenção de renda para diversas famílias encravadas na floresta. Além disso, a atividade pode promover o resgate de antigas tradições aprendidas, seu patrimônio imaterial, a partir do contato com tribos indígenas, pelas primeiras gerações de seringueiros que começaram a habitar o território amazônico e que estão em vias de serem extintas.
A necessidade de se recuperar a linha do tucum foi detectada no momento em que o artesanato começou a depender da utilização de linhas de nylon e estruturas de metal que eram trazidas do sudeste num processo demorado e dispendioso, fora da proposta sustentável do artesanato amazônico. As próprias artesãs não gostavam de trabalhar com esse tipo de linha por não acharem o acabamento bonito. Apenas cinco mulheres antigas na comunidade conhecem o processo que envolve a fiação, ficando o artesanato comprometido com a dependência do fio de nylon vindo de São Paulo.
O objetivo do projeto Linha do Tucum é resgatar e valorizar o artesanato caboclo na arte da fiação da linha do tucum e de outras palmeiras nativas da floresta amazônica, viabilizando a sustentabilidade econômica da comunidade extrativista através da comercialização dos produtos artesanais, e do manejo adequado dos recursos naturais.

Anel de tucum é um anel feito da semente de tucum. É utilizado por fiéis cristãos como símbolo do compromisso preferencial das igrejas, especialmente da Igreja Católica, com os pobres.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sabe o que é SAPUCAIA?

RAMI