SiMpLeS...aSsIm!


É tão raro o sabor da infância, as cores que a gente dá e as descobertas que a gente faz os amigos que a gente faz e leva pelos nossos próximos anos as aventuras sem medo e as fantasias que a gente inventa. É tão raro o gosto da vida naqueles dias... Da inocência preservada em cada olhar, do ambiente ingênuo ao nosso redor. É tão raro sonhar, e viver uma hora de cada vez Saber a quem abraçar e guardar os abraços que a gente ganha Tão raro ainda são as épocas que a gente já viveu Das paixões juvenis, sem medo, que se juraram amor eterno Dos amores passageiros, inesquecíveis, cheios de olhares e poesia Tão raras quanto as frases escritas em diários e versos cantados em melodias jamais ensaiadas. É tão raro aprender com o tempo a conviver com as responsabilidades quando a gente só quer viver quando a gente só quer aproveitar e deixar a vida rolar. Dificilmente a gente entende quão raro é cada momento e só aprende depois que ele se vai, Quando aquela hora preciosa se desfaz no até logo de uma despedida ou se reforça na companhia de uma volta É tão raro viver... A maioria das pessoas apenas deixa que a vida siga Quando na verdade a gente pode escolher aproveitá-la Sentindo e aproveitando nossas próprias dúvidas Nossas próprias vitórias e nossas encantadoras descobertas...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sabe o que é SAPUCAIA?