Tabaco 'era' remédio!

ign: left;" trbidi="on">
Infelizmente... hoje 'ainda' possuo o vício do cigarro. Mas, descobri a bem pouco tempo,que temos vários pés de fumo aqui no quintal... agora só orgânico! Originalmente, o tabaco era apenas encontrado na América, onde era usado pelo nativos americanos. No início do século XVI, o tabaco foi levado pelos espanhóis para a Europa, onde se veio a tornar muito popular sob a forma mascada e sob a forma de rapé. Em 1561, Jean Nicot (de onde deriva o nome da nicotina)4 , embaixador francês em Portugal, aspirava-o moído (rapé) e percebeu que ele aliviava suas enxaquecas. Desta forma, nesse ano, enviou sementes e pó de tabaco para França, para que a rainha Catarina de Médicis o experimentasse no combate às suas enxaquecas. Com o sucesso deste tratamento, o uso do rapé começou a se popularizar. O corsário inglês sir Francis Drake foi o responsável pela introdução do tabaco em Inglaterra em 1585, mas o uso de cachimbo só se generalizou no mundo graças a outro navegador inglês, sir Walter Raleigh. O hábito de fumar o tabaco como mera demonstração de ostentação se originou na Espanha com a criação daquilo que seria o primeiro charuto. Tal prática foi levada a diversos continentes e, somente por volta de 1840, começaram os relatos do uso de cigarro. Neste ponto, a finalidade terapêutica original do tabaco já havia perdido seu lugar nas sociedades civilizadas para o hábito de fumar por prazer. Embora o uso do cigarro tenha tomado enormes proporções a partir da Primeira Guerra Mundial (1914-1918), foi apenas em 1960 que foram publicados os primeiros relatos científicos que relacionavam o cigarro ao aumento da incidência de câncer, infarto e outras doenças no fumante habitual. * O tronco do pé de tabaco dá um ótimo Cajado ... eu vou fazer um cabo para minha enxada!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sabe o que é SAPUCAIA?

BENZOPHENONE-3 TÔ FORA!!!

CONSTRUÇÕES ALTERNATIVAS