E ele resiste...


São Paulo já foi cercada pa­ra proteger-se dos índios inimigos. "E por três mu­ros defensivos consecutivos", explica o professor titular de História da Arquitetura da FAU-USP, Benedito Lima de Toledo. Segundo ata da Câmara, em 1562, foi requerido o término dos muros e baluartes. Se­gundo ele, há até passagens nas atas criticando a falta de manutenção pelos moradores dos mu­ros feitos de taipa de pilão.
... falta de manutenção existe em vários espaços bacanas da cidade, e mesmo assim, para quem não sabe um dos muros do Pátio do Colégio ainda está de pé! Construído pelos escravos e missionários jesuítas, que viajavam muito e trouxeram influências de muitas culturas diferentes para as igrejas, conventos, capelas e colégios.... arte colonial. E a taipa que veio indiretamente dos mouros que o levaram para Portugal, e assim as construções começaram, terra batida misturada com cal e óleo de peixe ou sangue de boi e despejadas em moldes... coisa forrte essa...

Comentários

  1. e vendo este desenho... fiquei a imaginar... que paraíso era a morada dos irmãos índios, montanhas, rios , lagos, aves, animais... que virou o que virou!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Sabe o que é SAPUCAIA?

BENZOPHENONE-3 TÔ FORA!!!

CONSTRUÇÕES ALTERNATIVAS